HIGHLIGHTS DO PRIMEIRO DIA EM BELLS BEACH

Kanoa Igarashi, Rip Curl Pro Bells Beach 2022, Austrália, Torquay, Victoria, Circuito Mundial de Surf, World Surf League, WSL, Waves, Ondas, Surfing. Foto: WSL / Ed Sloane
Kanoa Igarash é a grande atração dos highlights da WSL no primeiro dia do Rip Curl Pro Bells Beach. Foto: WSL / Ed Sloane

Acompanhe os highlights do primeiro dia do Rip Curl Pro Bells Beach, quarta etapa do Circuito Mundial da World Surf League (WSL).

Depois de esperar por melhores condições ao longo da manhã, a WSL deu início às disputas às 11:05h (horário local), colocando na água as oito baterias iniciais do round 1 masculino.

O grande destaque do dia foi o californiano naturalizado japonês Kanoa Igarashi, que pela primeira vez competiu com a lycra amarela de líder e fez jus ao “manto”. Com 7.17 e 9.07 em suas duas melhores ondas, Igarashi não teve trabalho para superar o peruano Lucca Mesinas e o convidado Tully Wylie, vencedor da triagem local.

 

Entre os brasileiros, apenas Italo Ferreira, Samuel Pupo e Filipe Toledo estrearam, e todos avançaram com tranquilidade ao round 3.

Italo foi o primeiro a entrar em ação e venceu sua batalha com 12.83 pontos. Já Samuel e Filipe surfaram juntos e fizeram dobradinha na disputa com o lendário australiano Mick Fanning, terceiro colocado.

Ao todo, foram disputadas oito baterias da primeira fase masculina nesta segunda-feira australiana. Já as mulheres ficaram de folga.

Rip Curl Pro Bells Beach 2022, Austrália, Torquay, Victoria, Circuito Mundial de Surf, World Surf League, WSL, Waves, Ondas, Surfing. Foto: WSL / Aaron Hughes
Estrutura da etapa em Bells Beach, Austrália. Foto: WSL / Aaron Hughes

A próxima chamada acontece às 18:15h desta segunda, no horário de Brasília.

O swell deve perder um pouco de força, mas ainda mantendo boa pressão e com ventos parecidos.

Na quarta-feira australiana, outra ondulação de sul-sudoeste pode chegar no período da tarde, gerando ondas de até 3,5 metros de face e ventos variando de lateral a maral.

O dia seguinte também é promissor, pois, apesar de o swell perder um pouco de força, a previsão é de ventos mais leves e soprando terral.

Confira mais detalhes em nossas próximas atualizações.

Atenção: É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, sem autorização escrita da IF15 Sports ou AOS Mídia.

Leia também:

WSL confirma etapas do QS no Brasil

Mundial da WSL tem vitória brasileira em Portugal

WSL anuncia calendário do Challenger Series